quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Um dia uma curiosidade irresistível de conhecer outros pontos do enorme oceano, levou-o a dizer adeus aos seus familiares e amigos. Em vão a sua querida tetravó “fortes-pinças” o tentou fazer desistir da ideia, dizendo-lhe que o mundo do outro lado do oceano não era o lugar ideal para um caranguejo roxo de boas famílias. Mas ele não queria saber de avisos e conselhos. Vestiu o melhor fato, colocou um lindo chapéu de coco e lá partiu em direcção a uma nova aventura.


Atravessou os vastos limites do Planeta da Justiça até chegar aos portões da fronteira.
À sua frente, dois enormes tubarões fizeram sinal de "Stop".
O nosso amigo cumprimentou-os educadamente.

-Onde queres ir amiguinho? - Perguntou um dos enormes guardas.
-Vou à aventura, quero conhecer novos mundos.

-Ah! - Disse um deles, muito admirado. - Mas não sabes que o mundo ali daquele lado é horrível? E perigoso? - Perguntou, pois nunca ninguém voltara do lado negro do oceano.

Destemido, o nosso amigo inchou o peito e respondeu:
-Pois eu não tenho medo. Quero saber o que passa no vasto oceano. Não posso passar o resto dos meus dias aqui fechado.

Apesar de muito tristes porque não o conseguirem convencer a ficar, os guardas deixaram-no passar.

(...)

1 comentário:

Érica disse...

Adorei o texto! Parabéns!

Beijos