quarta-feira, 16 de abril de 2008

para o armário...já!

E pronto, depois de muito pensar resolvi tomar esta atitude. Vou arregaçar as mangas e chamar esse menino que anda por aí à solta e que me tem dado tanto trabalho..
oh pssst, se faz favor, sim, tu, rapaz de olhos verdes e nome composto. Quem julgas que és? Apanhaste uma nesga da porta das memórias aberta e ala morena..e agora andas por aí, rei e senhor da minha imaginação..como se não bastasse tens uns camaradas que me escrevem a deitar lenha para a fogueira: "Não tem olhos verdes, mas sim castanhos, nunca trabalhou na sede mas tão só nas delegações...nananana...blábláblá".
Mas quem manda afinal nas minhas memórias?
Eu. Tem olhos verdes (porque é assim que eu me recordo dele), é alto (ou mingou ?) e tem um belo e estranho nome composto (graças a Deus ainda ninguém o negou) e ponto final.
Mas agora meu querido, está na hora de voltar para o baú das recordações..ala..
O quê?? Não voltas?
Impertinente
Ora lá está o tal mau feitio..o quê? Tem outro nome? Como? Personalidade...?!!
Toma lá que é para não falares com meros fantasmas...como? Diz lá mais alto..
-Faço parte da espuma das ondas da tua vida, sou aquela marca que fica na areia quando a água recua e volta para o mar..
Interessante.........
Enfim, volta para o teu lugar. Sim, para o armário das memórias..anda..já! É escuro? Pois..mas é lá o teu lugar..volta aqui..não fujas..não é por aí..não sejas impertinente, não tens opção..cuidado, essa porta é a do..coração!!!
Só eu é que decido quem entra aí.. fantasma usurpador..o quê? É quentinho, gostas do tic-tac?
Pronto, está bem, deixa-te estar...recordação simpática..mas adormecido..isso..recua lá bem para o fundo..pode ser aí mesmo, nesse cantinho escondido..
Ufa! De vez em quando temos de arrumar as nossas memórias...não é?

15 comentários:

lalisca.cs-life disse...

Se é!! o mau armário anda muito bem fechado mas sou franca por vezes os fantasmas querem sair, mas não deixo, não quero!!
beijinhos

carpe vitam! disse...

sim, é verdade, temos de arrumar memórias... mas há memórias tão boas que não apetece arrumar. às tantas é como um bom perfume, que usamos com parcimónia para não o gastar rapidamente, para perdurar no tempo. a evocação das memórias torna as pessoas e os acontecimentos mais presentes, reinventa-os. Não sei se é possível escolher a gaveta ou a porta para onde vão. às tantas, são eles próprias que escolhem o sítio onde querem ficar. Por muito que as tentes arrumar onde queres.

muito querida disse...

pois, foi o que este "fantasma" simpático fez...saiu do armário pela minha mão e aproveitando-se de uma distração minha, escolheu o lugar onde quer ficar guardado..

fantasma usurpador de gavetas e armários..humpf...mas pronto, como é uma simpatia eu deixo.

:)

D. Sebastião disse...

as memórias são uma das coisas com que ficamos que são nossas e ninguém nos pode tirar. Desde que não se viva delas...

Zona Foto disse...

Quem? Eu??!! :D

Quando o Fogo e o Gelo se encontram disse...

por vezes aparecem uns quantos fantasmas para me atormentar.
bjs

Anónimo disse...

nome composto? nao estou a entender. peço desculpa pela ignorancia. deem-me exemplos de nomes compostos...

muito querida disse...

querido anónimo:

ao dizer nome composto pretendia identificar dois apelidos separados entre si por um hífen, apesar de serem o mesmo apelido, ou seja para além do apelido da mãe temos o do pai, certo? Mas o apelido paterno (exemplo) pode ser constituído por dois nomes separados entre si por um hífen, entendido? O termo nome composto não é o mais correcto.

Por exemplo, o pai do escutismo: Baden-Powell, por cá há alguns como:

Vilas-Boas

beijinho

Anónimo disse...

pronto, está certo esta coisa dos fantasmas e tudo mas ó pá tenho de te dizer ------ pá, já matei a galinha, o que me deu uma trabalheira do caraças, aliás até te digo gajo estás a dar-me muito trabalho de todo..já a depenei,e estou aqui afoita com um avental às bolinhas e um lenço na cabeça, um alguidar numa mão e uma faca na outra (cruzes)... e tu não apareces para comer a tua canjinha de galinha (e mais alguma coisa já agora)..ó tu gajo de Guimarães...

anda rápido

tua
Alice

(ò Minha Querida, quanto tempo é que a bicha tem de cozer?)

muito querida disse...

Querida Alice

tu és uma brincalhona..olha lá..essa bicha, é a galinha certo?

pois, não sei bem, também não sou grande cozinheira, mas o que me está a despertar cá umas ganas é esse tal que até te leva a matar uma galinha para fazer canjinha...

agora estou curiosa..

Anónimo disse...

E tens motivos para isso minha linda. Faz como te diz aqui a tua Alice : vai ao hi5 do tal que te atraiu quando estiveste lá no Porto, para procurar é fácil juntas o primeiro nome mais barcelos (não te admires, ele já não é tão giro)e procuras pela minha riqueza (o nome menos comum). É muito fácil, e depois comenta aqui se esse rico merece ou não que uma mulher vá para a cozinha fazer canja de galinha..
ai meu deus...vai lá mulher, vai ver..

muito querida disse...

Querida Alice

só a extrema curiosidade é que nos levou até ao tal hi5

Eu e a carpe só depois de muitas invençoes e experiências é que chegamos lá, perdemos imenso tempo porque tu deste-nos a informação trocada.

Mas pronto. Em primeiro lugar, sim, reconheço aquela cara como o tal dos olhos verdes, ou muito claros, enfim, é ele. Apesar das diferenças deixadas pela passagem dos anos.
Beijinhos para ti querido.

Em segundo lugar: o teu lindo (havia lá nomes mais estranhos mas foi só juntar as peças) é realmente engraçado mas, oh Alice, ele tem um olhar um bocado alucinado (a carpe diz que ele até parece o Lúxuria Canibal) tu vê lá!

Mas pronto querida, não faz o nosso género de todo..é todo teu!

olha lá, deixa aqui ficar o teu mail ou o teu contacto, se ele estiver interessado em conhecer-te, ele dá-te um sinal, não achas?

Apesar de nós gostarmos muito que cá venhas dar-lhe umas miadelas e ler os nossos textos (eheh)..

beijinhos

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

ó minha querida

peço-te de joelhos encarecidamente, apaga o meu comentário (foda-se que falta me faz a medicação) porque faz lá referência à casa e ao carro e à minha profissão e o meu marido se andar por aqui topa-me logo...apaga e deixa ficar este, please. (alice_1973@live.com.pt)

CamaReira disse...

É! Temos que as arrumar, mas que bem sabe relembrar, sorrir e voltar a fechar o armário.
Lindo!!!
Amei!!

Beijos